domingo, 31 de julho de 2016

Compras do mês...

Olá pessoinhas, hoje vim mostrar as comprinhas do mês, que foram... Livros! Que dúvida kkkk
Bem, dessa vez eu fui bem comportada, nem comprei tantos assim, só seis, tinha bem mais no meu carrinho de compras mas fui forte e escolhi a dedo os da vez. Como ocorre algumas vezes, a compra principal não era minha, mas aproveitei a carona (vulgo cupom de desconto de 15%) e já comprei uns que estavam na minha lista de compras.
Vamos a listinha da vez:
Como sempre submarino sendo rápido na entrega! E os livros são lindos...

Única questão que me deixou chateada foi a seguinte: eu simplesmente queria os títulos e nem cheguei a pesquisar se eram brochura ou capa dura, imagina minha cara quando abri a caixa e vejo que O Orfanato da SRTA. Peregrine era brochura, enquanto o livro dois, Cidade dos Etéreos era capa dura... Claro, se eu sei que determinado título existe na versão capa dura, eu irei compra-lo assim... Quem é chegado em ter uma mini biblioteca em casa assim como eu, sabe o valor que um livro com capa dura trás para sua estante, fora que normalmente eles são muito mais bonitos que a versão brochura apesar de ter a mesma capa. Mas então, continuando, o que eu não sabia era que o livro Cidade dos Etéreos era capa dura, pois eu já havia visto o livro um em formato brochura e acreditei que o dois assim seria também, sem nem sequer ler as especificações do mesmo. Então eis que descubro meu dilema e provavelmente o de um monte de leitores: o livro um foi lançado pelo editora LeYa e a mesma fabricou o livro no formato brochura, enquanto os livros dois e três sim, tem o livro três e esta em pré venda, que já esta na minha listinha de compras, foram lançados pela editora Intrínseca que preferiu deixar os livros com capa dura, o que eu particularmente achei muito mais bonito! E para minha imensa tristeza, após uma troca de emails com a Intrínseca, descobri que pelo livro um ser da LeYa, ele não será re-lançado pela Intrínseca no mesmo formato do dois e três... Estou torcendo para que num futuro não muito distante a Intrínseca consiga os direitos para re-lançar o livro, pois só assim eu e o meu TOC por ter a coleção igualzinha iremos sossegar... kkkk


Nenhum comentário:

Postar um comentário