terça-feira, 22 de março de 2016

Drop Dead Diva

Sabe aquele dia que você não tem o que fazer raridade, já assistiu todos os filmes que queria sério mesmo?, já colocou todas as séries que estava assistindo em dia mentira e não sabe o que assistir, então começa a procurar algo novo? Durante minha férias do ano passado, que triste, estava eu em um belo dia, sem ter o que fazer, resolvi dar uma olhada no que havia de seriados de comédia rolando na Netflix...

Eis que me deparo com o titulo: Drop Dead Diva, cujo o qual não me chamou muita atenção pelo nome, mas me prestei a ler a sinopse: "Quando a magra e superficial Deb reencarna no corpo de Jane, uma advogada rechonchuda, ela descobre as alegrias da compaixão e da inteligência.", como sempre gostei desses seriados de comédia estilo Ugly Betty, resolvi assistir o primeiro episódio, para ver se prestava ou não...



A série conta a história de Deb Dobkins, uma aspirante a modelo que morre em um acidente de carro, logo no inicio do primeiro episódio. Ao chegar ao céu ela descobre que não pode sair de lá, esta presa, pois não tem pecados e muito menos boas ações... Inconformada e em meio a uma discussão com o anjo Fred, ela pressiona o botão de "retorno" no PC de Fred, e sendo assim ela vai parar no corpo de Jane Bingum, uma advogada que sofre com excesso de peso, que estava na mesa de cirurgia, após ter levado um tiro dentro de seu escritório. Logo no primeiro episódio Jane tem que ir se acostumando com o corpo novo e a vida nova. Apavorada, Jane corre para sua melhor amiga, Stacy e conta tudo a ela, que claro de inicio não acredita, mas depois de uma conversa enfim entende. Sendo assim, as únicas pessoas que sabem sobre a "troca" são sua melhor amiga e Fred, que foi mandado a terra para ser seu anjo da guarda. Ainda durante este episódio, Fred explica a ela que a partir de hoje ela é Jane, e terá que viver dali por diante esta vida, sendo advogada. Convivendo com Terri Lee, a assistente de Jane. A rival de Jane, Kim, uma advogada esnobe que detesta Jane. O chefe mulherengo de Jane, J. Parker. E o grande amor de sua vida enquanto ainda era Deb, Grayson.

Partindo deste episódio devo dizer que a história me atraiu, me causando boas risadas e querendo saber mais sobre como Jane iria se sair dali por diante. Quando vi, havia assistido a primeira temporada inteira em um dia... Hoje, já assisti a série completa, devo dizer que é muito boa, pelo menos eu gostei bastante. Rendeu boas risadas mesmo! Sendo assim, esta é a dica de seriado que deixo por aqui hoje! Espero que gostem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário